quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Milagres existem?


Sincera e honestamente hoje tava sem saco algum pra fala sobre nada. Mas escrever é um dos maiores prazeres da minha vida. E ainda ouvindo Adele, não tem como não se inspirar. Hoje quero falar sobre milagres. Milagres. É uma das palavras mais lindas que eu conheço. Às vezes fico repetindo em voz alta de tão apaixonada que sou por ela. Oito letras que carregam um mundo de significância.

Segundo a Wikipédia (o pai dos burros na rede) milagre ou miráculo (do latim miraculum, do verbo mirare, "maravilhar-se") é um fato dito extraordinário que não possui uma explicação científica. No mundo real é a acreditar com todo o seu coração e a sua alma que algo que o mundo consideram como impossível possa acontecer. Seja ele uma cura, uma reconciliação, um amor perdido, uma amizade balançada.

É claro que podemos chegar a esse milagre. É só crermos que ele de alguma forma vai acontecer. É aí que entra a fé. É nesse momento que devemos usá-la. Costumo dizer que adoro com cada célula do meu corpo a um Deus especialista em impossível. E é nisso que me apego. Como muitas de nós, hoje, parafraseio Aline Barros e digo: “Mestre, eu preciso de um milagre”. 


Por Karoliny Dias
semessadeamelia@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário